Azurita

Atualizado: Mai 9


Azurita

Tipicamente de tom azul profundo, o nome da azurita vem da palavra persa lazhuward, que significa “azul”. Era provavelmente usada na produção de esmalte no Egito antigo, onde era garimpada do Sinai até o Deserto Oriental, e também como pigmento azul na parte europeia dos séculos 15 a 17.


A Azurita é encontrada como um complexo de cristais ou maciça, em estalactite ou blocos em cacho de uva. É um mineral secundário formado na porção oxidada de depósito de cobre. Suas jazidas estão na França, no Chile, no México, na Austrália, na Rússia, no Marrocos, no Namíbia, nos Estados Unidos e em outros.

A variedade de Azurita com Malaquita é chamada de Chessylita, por ter sido encontrada em Chessy, na França.


A Azurita ameniza o estresse, a preocupação, a dor e a tristeza, lançando mais luz sobre as emoções. Ela transmuta o medo e as fobias, e propicia o entendimento das razões que os causaram. Essa pedra acalma as pessoas que falam muito em decorrência do nervosismo e estimula aquelas que têm dificuldade para expressar-se.


A Azurita com Malaquita combina as qualidades desses dois cristais e é um poderoso condutor de energia. Desbloqueia a visão espiritual, fortalece a capacidade de visualização e abre o terceiro olho.


Signos: Touro, Sagitário, Capricórnio


Fontes:

- Gemas e Pedras Preciosas - Ronald Louis Bonewitz - editora Disal

- A Bíblia dos Cristais - Judy Hall - editora Pensamento

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Jaspe

Jade