260591908374632
 

Diferenças entre Pedra da Lua, Opalina e Opala

Atualizado: 18 de jul.


Diferenças entre Pedra da Lua, Opalina e Opala

Quando iniciamos no mundo das pedras, acabam surgindo muitas dúvidas, e uma das principais é o nome delas.

Por isso achei interessante trazer a diferença entre a Opalina, a Pedra da Lua e a Opala, já que a Opalina é muito confundida com a Pedra da Lua. Não sei ao certo por que isso ocorre, mas ocorre, e estamos aqui pra mostrar a diferença!


A Opalina é uma “pedra” sintética. É uma mistura de quartzo, vidro e alguns metais. Coloquei entre parênteses, pois muitos não a consideram como pedra, por ter sido criada por nós humanos.

Dizem que ela foi criada na França para substituir a Opala, já que esta é uma pedra relativamente rara e cara.

Tem aparência leitosa, com iridescência laranja, rosa ou amarela.


VARIEDADES E ORIGEM:


A Pedra da Lua mais encontrada é uma variedade de ortoclásio e de outros feldspatos. Tem aparência leitosa, com um brilho azulado ou adularescência - resultado do entrelaçamento microscópio de ortoclásio com albita. Não é uma pedra muito barata, mas também não é das mais caras.

Pode ser encontrada na Índia, Sri Lanka e Austrália.

Obs.: existe também Pedra da Lua nas cores branca, creme, amarelo, azul, verde, cinza e pêssego, mas estas são mais incomuns no Brasil.


A Opala consiste em um arranjo regular de esferas minúsculas de sílica. Quando têm o tamanho adequado, as esferas difratam a luz e dão origem à fosforescência. A opala preciosa pode ter base branca, incolor, cinza muito escuro ou azul quase preto.

É uma pedra cara e relativamente rara de encontrar. Há vários tipos dela, e são encontradas em várias partes do mundo, mas na Austrália é onde se encontra a maior parte.


HISTÓRIA:


A Pedra da Lua é conhecida desde a antiga Grécia e Roma, e era relacionada às suas respectivas divindades lunares.

Os Romanos acreditavam que era feita de raios solidificados da Lua. Para os indianos, colocar uma Pedra da Lua na boca, na lua cheia, prediria o futuro dos amantes.


ATRIBUTOS:


A Pedra da Lua é uma pedra de "novos começos". Como o seu nome sugere, ela tem forte ligação com a Lua e com a intuição. Como a Lua, essa pedra é refletora e nos lembra de que, assim como a Lua míngua e cresce, tudo faz parte de um ciclo de mudanças. O seu mais poderoso efeito é acalmar as emoções.

Por tradição, é usada para intencificar as capacidades psíquicas e aumentar a clarividência.


ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, PEDRA DA LUA:


Estrutura: Monoclínico

Dureza: 6-61/2

Atração específica: 2,5-5,6

Índice de refração: 1,54

Lustre: Vítreo

Composição química: KAISI3O8


- Ainda estamos aprendendo sobre as pedras, e sempre descobrimos algo incrível sobre elas.

E se tiverem algo a acrescentar ou corrigir, fiquem à vontade para comentar!


FONTES:


- Gemas e Pedras Preciosas - Ronald Louis Bonewitz - editora Disal

- A Bíblia dos Cristais - Judy Hall - editora Pensamento

913 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opala