260591908374632
 

Opala



Olá! Faz um tempinho que não falamos sobre as pedras por aqui, mas hoje trouxemos a opala! Ela possui algumas variedades, mas três são as mais conhecidas: a opala preciosa, a opala comum e a opala de fogo. O nome opala vem da palavra opalus, que é de origem romana, e significa “pedra preciosa”. Na Idade média era considerada uma pedra de sorte.


É endurecida com sílica gel, o que a coloca na classe mineral dos silicatos, e geralmente contém de 5% a 10% de água em poros submicroscópios. É depositada a baixas temperaturas (até 200°) a partir de águas correntes ricas em sílica, principalmente em rochas sedimentares. Se aquecida, a opala pode perder água; se superaquecida, a opala branca ou marrom pode perder seu jogo de cores; e pode fraturar, se houver mudanças súbitas de temperatura.


A Opala mais conhecida é a Opala Preciosa. Sua fosforescência (jogo de cores) é caracterizada pelo arranjo regular de esferas minúsculas de sílica. A Opala Preciosa pode ter a base branca, incolor, cinza muito escuro ou azul quase preto.


Também existe a Opala Comum, que não tem jogo de cor, e não apresenta transparência. Pode ser encontrada em quase todas as cores: branca, cinza, vermelha, laranja, amarela, verde, azul, magenta, rosa, rosa choque, ardósia, oliva, marrom e preta.

A Opala de Fogo também não apresenta jogo de cor mas, diferentemente das outras opalas, ela possui transparência e translucidez. As variedades mais valorizadas são as que possuem cores intensas como o amarelo, laranja ou vermelho, porém também existem as variedades transparentes ou com lampejos verdes, como as mexicanas. Podem ser encontradas em rochas sedimentares como o arenito e a siderita. As opalas mexicanas podem ser cortadas em cabochão com a opala disposta no centro do riólito hospedeiro.


Mais algumas informações importantes:


Fenômenos ópticos: opalescência, opalização, asterismo (raro) e acatassolamento (raro)

Índices de refração: 1,450 (+0,020, -0,080), opala mexicana pode aprensentar índice de refração 1,37, mais geralmente é 1,42-1,43


Características de identificação: várias inclusões naturais, jogo de cores


Tratamentos possíveis: tingidura; impregnação incolor e colorida; impregnação com óleo, cera ou plástico; impregnação com plástico preto; tratamento com anilina, nitrato de prata ou açúcar carbonizado por ácido; impregnação por defumação; cobertura da parte do fundo com uma folha reflexiva, tinta preta, etc.


Dureza: 5 – 6,5


Propriedades:


A opala é uma pedra delicada, com uma vibração sutil. Aumenta a consciência cósmica e induz visões psíquicas e químicas.

Por estimular a originalidade e a criatividade dinâmica, essa pedra nos ajuda a entrar em contato com o nosso eu verdadeiro e a expressá-lo. Fortalece a nossa vontade de viver, e nos estimula a expressar emoções positivas.

Acentua traços de personalidade e traz à superfície essas características, para que sejam transformadas.


Fontes:


HALL, Judy. A Bíblia dos Cristais: o guia definitivo dos cristais / Judy Hall; tradução Denise de C. Rocha Delela. São Paulo: Pensamento, 2008;


BONEWITZ, Ronald Louis. Gemas e pedras preciosas / Ronald Louis Bonewitz; [tradução Lizandra Magon de Almeida]. – Barueri, SP: DISAL, 2013.


Manual Técnico de Gemas/IBGM,DNPM. - 3. ed. rev. e atual./Consultoria, supervisão e revisão técnica desta edição, Jane Leão N. da Gama. -- Brasília, 2005.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo