260591908374632
 

Pedra da Lua



É uma variedade do ortoclásio e de outros feldspatos. Possui dureza 6 a 6 ½ (escala de Mohs) e índice de refração 1,54. Possui um lindo brilho azulado, também conhecido como adularescência, que é o resultado do entrelaçamento microscópio entre o ortoclásio e a albita.


Não é uma pedra muito barata, mas também não é das mais caras. Pode ser encontrada na Índia, Sri Lanka e Austrália.


Existe também Pedra da Lua nas cores cinza, pêssego e creme.


Os antigos gregos e romanos acreditavam que a Pedra da Lua era feita de raios solidificados da Lua, e relacionavam a pedra a suas respectivas divindades.


A Pedra da Lua é uma pedra de novos começos. Como o seu nome sugere, ela tem uma forte ligação com a Lua e com a intuição. Como a Lua, essa pedra é refletora e nos lembra de que, assim como a Lua mingua e cresce, tudo faz parte de um ciclo de mudanças. O seu mais poderoso efeito é acalmar as emoções.


É usada para intensificar as capacidades psíquicas e aumentar a clarividência. Ela pode ser usada como pingente para facilitar a aceitação de dons psíquicos.


Aumenta a inteligência emocional, e quando colocada sobre o plexo solar mostra padrões emocionais obsoletos, de modo que possam ser compreendidos e depois eliminados.


Equilibra as energias femininas e masculinas e ajuda os homens que querem entrar em contato com seu lado feminino. É um antídoto para o machismo exagerado.


Signos: Câncer, Virgem, Libra, Escorpião, Aquário, Peixes


CUIDADO! Muitas “Pedras da Lua” que vemos no mercado são na verdade Opalinas. Por falta de conhecimento ou até má-fé, as Opalinas são vendidas como Pedra da Lua.


A Opalina é uma “pedra” sintética. É uma mistura de quartzo, vidro e alguns metais. Coloquei entre parênteses, pois muitos não a consideram como pedra, por ter sido criada por nós humanos.


Dizem que ela foi criada na França para substituir a Opala, já que esta é uma pedra relativamente rara e cara. Tem aparência leitosa, com iridescência laranja, rosa ou amarela.


Fontes:


HALL, Judy. A Bíblia dos Cristais: o guia definitivo dos cristais / Judy Hall; tradução Denise de C. Rocha Delela. São Paulo: Pensamento, 2008;


BONEWITZ, Ronald Louis. Gemas e pedras preciosas / Ronald Louis Bonewitz; [tradução Lizandra Magon de Almeida]. – Barueri, SP: DISAL, 2013.


Manual Técnico de Gemas/IBGM,DNPM. - 3. ed. rev. e atual./Consultoria, supervisão e revisão técnica desta edição, Jane Leão N. da Gama. -- Brasília, 2005.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opala